Coceira em cachorro: conheça as principais causas

Compartilhe!

Uma coceira aqui, ali e quando vemos, nossos cães já estão machucados de tanto se coçarem. As causas podem ser muitas e, ao contrário do que se imagina, nem sempre são as pulgas e carrapatos os agentes desse desconforto.

Outra situação é quando nossos companheiros estão tão sujinhos que não param de se coçar por todo o corpo. Mas que pode ser resolvida com um banho refrescante e xampus específicos para cachorro. E quando não é a falta de banho, o que pode ser?

coceira-cachorro-causas-sarna

Causas da coceira nos cães

Sarna

Causada por ácaros instalados geralmente em cobertores, almofadas ou lugares empoeirados, a sarna atinge a pele dos nossos amiguinhos causando sérias coceiras que, futuramente, podem virar graves machucados se não tratados corretamente. Essa doença pode se manifestar de três formas distintas. São elas:

Sarna sarcóptica

Com sintomas de vermelhidão, queda de pelo e crostas na pele, é causada pelo fungo Sarcoptes scabei. É a mais comum entre todas, podendo atingir cãezinhos de todas as idades, portes e raças pelo contato com o parasita. Gravemente contagiosa, pode passar para pessoas e gatinhos. Por isso, fique atenta . Um especialista deve ser consultado para prescrever o remédio mais adequado para o estado clínico do cachorro.

Sarna otodécica

Essa se manifesta única e exclusivamente na região do ouvido — e por isso também é conhecida como sarna de ouvido. Diferente da sarcóptica, não passa para os humanos, somente aos felinos. De um jeito ou de outro, causa intensa coceira na orelha e pode chegar a criar machucados. Outro sintoma da sarna otodécica é o acúmulo de cera na região e cheiro forte. Se não tratada, pode causar otite e, assim, gerar maior desconforto aos nossos pets. Geralmente é receitado medicamentos tópicos e recomenda-se higienizar a área frequentemente.

Sarna demodécica

Um caso menos visto, mas tão ou mais preocupante quanto, a demodécica não se manifesta pelo contato com ácaros, mas sim pela genética — passada de geração para geração. Infelizmente, não tem cura, somente pode ser controlada para aliviar os sintomas. Se seu pet por diagnosticado com essa doença, não poderá cruzar e deverá ser castrado o quanto antes.

coceira-cachorro-causas-sarna

Alergias

Nem sempre podemos evitar que nossos pentelhos mexam no lixo ou comam — sem nossa autorização — alguma comida que não está na sua dieta. Infelizmente, o organismo dos pets são, geralmente, muito sensíveis e quaisquer mudanças na alimentação pode causar alguns probleminhas, como a alergia.

Ela pode ser causada pela ingestão de alimentos estragados, produtos tóxicos ou até mesmo pela troca de ração. A coceira entra como reação do organismo canino, assim como acontece quando o cão vomita — é o corpinho do animal tentando expulsar aquilo que está lhe fazendo mal.

Como as causas são distintas, os tratamentos podem ou não apresentar semelhanças, como a administração de antialérgicos. O melhor é, sempre, consultar um veterinário de confiança a fim de garantir mais segurança ao bichinho.

coceira-cachorro-causas-sarna

Dermatite atópica

É no verão que geralmente esse tipo de situação começa a se manifestar, percebendo o incômodo em nossos cãezinhos, que começam a se coçar excessivamente. A dermatite atópica, assim como a sarna demodécica, é uma manifestação do organismo e uma doença genética — ou seja, não tem cura e é transferida de mamãe para filhote.

Nessa situação, é possível notar também um maior estresse e agressividade por parte do cachorro. É de tanto desconforto causado pelas coceiras. Para evitar esse tipo de comportamento, é importante garantir um ambiente livre de poeira, ácaros, alérgenos, pólen e alguns tipos de tecidos, que agravam seriamente essa manifestação.

Como dito, não há cura para este tipo de dermatite, mas é possível controlar os sintomas para aliviar nossos amigos caninos. O médico prescreverá um antibacteriano ou antiparasitário dependendo do estado clínico, xampus hipoalergênicos e, em alguns casos, recomendará a tosa dos pelinhos. A dieta, quase sempre, é alterada para dar qualidade de vida ao animal.

coceira-cachorro-causas-sarna

Mordida de pulgas

Pesadelo de todo tutor de cães, as pulgas mordem nossos pets e causam sérios desconfortos, como a coceira. Locais úmidos e quentes são a porta de entrada para esses parasitas, que pulam de cão em cão e se proliferam rapidamente.

Sintomas como perda de pelo, infecções e apatia podem ocorrer, por isso, assim que forem observadas, leve seu amiguinho ao veterinário.

Fique alerta!

Se seu cachorro está se coçando muito e nem depois de um banho com xampu isso foi solucionado, é muito provável que alguma dessas manifestações citadas estão o incomodando.

Como saúde não é brincadeira. Leve-o o mais rápido possível a uma consulta, administre todos os medicamentos prescritos e, claro, dê muito amor e carinho. Assim vocês podem voltar a rotina de brincadeiras e tudo fica bem!

 



Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *