Limpeza do seu cachorro em cinco passos

Compartilhe!

Se você quer deixar seu amigão livre de pulgas e carrapatos, a solução ideal é manter sua limpeza em dia. Contudo, é preciso fazer uso de alguns produtos de higiene para cachorro, recomendados previamente por veterinários. Conheça algumas formas de manter seu pet sempre limpinho e livre de doenças! 

limpeza-cachorro-como fazer

Limpeza 1: escolha os produtos adequados

Ao contrário do que muitos pensam, os produtos de higiene usados pelos homens são inapropriados para os pets. Muitas fórmulas podem acabar provocando alergia e irritação em sua pelagem.

O sabonete, por exemplo, não deve possuir nenhum perfume forte, sendo os mais adequados os neutros ou com leve cheiro. Essa mesma regra vale nos shampoos, que não podem causar nenhuma irritação aos seus olhos.

Para manter os pelos macios e brilhosos, muitos tutores fazem uso de hidratantes em sprays os deixam cheirosos. Contudo, uma dica é evitar tais produtos. Garanta a excelente qualidade da pelagem por meio de shampoos e sabonetes de alta qualidade.

limpeza-cachorro-como fazer

Limpeza 2: ofereça banhos periodicamente

Com o objetivo de evitar mau cheiro e embaraço nos pelos, os banhos caninos precisam ser dados periodicamente, principalmente se o pet possui pelagem longa. 

Entretanto, alguns cuidados básicos precisam ser tomados de modo com que o cãozinho receba todo o cuidado necessário para ficar limpo, perfumado e livre de bactérias. Defina qual é o local da sua casa mais apropriado. Uma dica é dar preferência à espaços abertos, como quintal e varanda.

Verifique a temperatura da água e constate se ela não está gelada demais. Para quem não sabe, quanto mais quentinha ela estiver, melhor efeito o shampoo fará em sua pelagem.

Antes de colocar o peludo na água, use um protetor em suas orelhas e evite que a mesma venha afetar sua audição. Depois de molhá-lo, aplique o shampoo ou sabonete em todo o seu corpo, principalmente em regiões onde se acumulam sujeiras, como entre os dedos da pata.

Em seguida, retire todo o sabão de sua pelagem delicadamente, para nenhum resquício de espuma permanecer em seu corpo, Por fim, seque-o com uma toalha e, se possível passe uma escova em seus pelos.

 limpeza-cachorro-como fazer

Limpeza 3: Tose os pelos do pet mensalmente

Cachorros de pelo longo necessitam de um cuidado maior quando o assunto é tosagem. Apesar do procedimento ser simples, uma dica é sempre levá-lo a um veterinário para sua pelagem ser aparada corretamente.

Normalmente, o período entre uma tosa e outra varia de acordo com o porte e tipo de pelagem de cada cãozinho. Os de pelo curto, por exemplo, não necessitam passar por esse processo mensalmente.

Vale lembrar que a tosagem dos pelos é essencial. Quanto maior eles estiverem, mais chance terão de ficarem embaraçados ou serem ponto de reprodução aos parasitas. Isso prejudicará muito a higiene do seu cachorro.

limpeza-cachorro-como fazer

Limpeza 4: limpe seus ouvidos cuidadosamente

As orelhas são partes muito delicadas do corpo animal e, por isso, todo cuidado é muito ao limpá-las e evitar o acúmulo de cera e micróbios. Caso contrário, ao longo da vida, o pet pode sofrer com alguns problemas de audição.

Engana-se quem pensa que fazer essa tarefa com hastes flexíveis é necessário! Nos peludos, a limpeza precisa ser feita com algodão e um produto especial para ouvidos. Tais itens são mais macios.

Ao aplicar a solução no algodão, deixe por cinco minutos o produto agir em suas orelhas. Após isso, retire todo o produto e deixe o cão se balançar a ponto de nenhum resquício de líquido permanecer em seus ouvidos.

 limpeza-cachorro-como fazer

Limpeza 5: escove seus dentes diariamente

Assim como a gente, os cães também podem contrair tártaro e mau hálito caso seus dentes não sejam escovados ao menos duas ou três vezes na semana.

Nesse processo, utilize uma escova apropriada e demais produtos de higiene para cachorro voltados à região bucal. Recomenda-se que tal procedimento seja feito após as refeições, pois nesse momento as bactérias costumam entrar em ação e, por isso, precisam ser combatê-las ao máximo.

É importante levar todas essas dicas em consideração para que a higiene do cachorro seja mais completa possível e também do ambiente que está em torno dele. Com certeza, vale a pena deixar esses bichinhos bem limpinhos.



Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *