Casa Cor RS tem primeira cozinha funcional

Compartilhe!

Uma das novidades desta edição da Casa Cor RS é a primeira cozinha vitrine instalada na mostra gaúcha. Assinado pelos arquitetos Isabel Macedo, do escritório Bel Arquitetura, e Alexandre Grivicich, do Arquitetura Combinada, o espaço The Black Swan permite aos visitantes assistirem ao funcionamento real de uma cozinha profissional. Sob administração da Embaixada Gourmet, o chef residente Marcelo Schambeck recebe diversos convidados que prepararam jantares durante o período da mostra.

Casa Cor RS tem primeira cozinha funcional - Clube das Comadres 1
A cozinha tem um plantário, um equipamento desenvolvido para o cultivo de vegetais e hortaliças em casa, inclusive para quem não dispõe de área para horta ou jardim na residência.

“Foi um grande desafio criar o espaço funcional, que geralmente fica escondido nas mostras, e transformá-lo no ponto central da casa. Inovamos também ao buscar uma linha mais industrial e uma arquitetura mais dramática. Com isso, mostrar que uma cozinha profissional não precisa ser um projeto frio e sóbrio, podendo, sim, causar sensações e inspirar os chefs”, explica o arquiteto Alexandre Grivicich. Essa combinação proporciona aos visitantes surpresas com experiências sensoriais, utilizando efeitos visuais, sonoros e olfativos.

Casa Cor RS: cozinha com apelo sustentável

Propondo a composição de um projeto que combina o estilo industrial ao apelo sustentável, o espaço exibe destaques como os móveis com frentes em inox e tampos em dekton – materiais que reinam soberanos entre as opções mais resistentes. São indicados para ambientes que precisam de melhor assepsia. Outra sacada inteligente na proposta de despertar a consciência verde é o plantário: um equipamento desenvolvido para o cultivo de vegetais e hortaliças em casa, inclusive para quem não dispõe de área para horta ou jardim na residência. O sistema oferece controle de iluminação, ventilação e irrigação para garantir o sucesso da colheita.

Na mesma proposta, a cozinha exibe uma parede verde, com o cultivo de temperos sempre frescos e à disposição para a preparação de pratos saborosos e naturais. No cenário, também as ferragens e iluminações mostram toda a praticidade que podem agregar à partir de aplicações inteligentes. Os revestimentos sustentáveis utilizados também revelam como é possível criar com consciência.

Casa Cor RS tem primeira cozinha funcional - Clube das Comadres 2
A cozinha funcional proporciona aos visitantes surpresas com experiências sensoriais, utilizando efeitos visuais, sonoros e olfativos.

O espaço The Black Swan homenageia aquele que é o ponto alto da cozinha em uma casa: sua função social. “Principalmente no sul do país, esse ambiente é o ponto central da residência. Uma tradição cultural herdada dos imigrantes que se reuniam ao redor dos fogões a lenha para fazer as refeições em família. Conceber uma cozinha funcional como o ponto central da Casa Cor nos permitiu criar um espaço aconchegante, onde as pessoas podem estar e conviver. Parte daí o conceito da primeira Cozinha Vitrine na mostra aqui no sul. Permitir aos visitantes admirar os chefs fazendo seu trabalho e, depois, curtir o momento em boa companhia”, diz Grivicich.

Casa Cor RS tem primeira cozinha funcional - Clube das Comadres 3
As portas e tamponamentos são fabricados em aço inox, com acabamento escovado.

Inspiração industrial

Seguindo esse conceito do projeto – que também tem no apelo sustentável um de seus diferenciais – o espaço apresenta com destaque a linha INO, da Evviva Bertolini. Primeira cozinha planejada com portas e tamponamentos de aço inox do país. Mescla essa matéria à composição das caixarias em MDF. Sua proposta confere sensação de modernidade à concepção dos ambientes, aliando o toque sofisticado do metal ao aconchego da madeira. Inspirada nas cozinhas industriais, traz todos os diferenciais que compõem uma atmosfera gourmet.

As portas e tamponamentos são fabricados em aço inox, com acabamento escovado. Sua estrutura interna proporciona sonoridade suave ao toque e oferece grande durabilidade, sem que as peças se deformem pelo uso. No quesito funcionalidade, o desenho privilegia a ergonomia, sem cantos vivos no móvel. Prática, reúne atributos típicos do aço: higiênico, de fácil manutenção e limpeza.

Serviço

Data: até 21 de agosto

Horário: terça a sexta, das 15h às 21h; sábado das 12h às 21h; e domingo das 12h às 20h

Onde: Rua Faria Santos, 451 – Petrópolis, Porto Alegre – RS

Veja também:

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *