Capeletti in brodo, a hospitalidade tem sabor

Compartilhe!

Nesta semana, nossa colunista Clau Gavioli fala sobre a hospitalidade, quase um sinônimo de acolhimento, e ensina a receita de capeletti in brodo, tradicional na sua família. Para ela, uma das formas de demonstrar o carinho e o afeto por alguém é preparar uma comida saborosa. “Um cuidado que sempre reconheci nas pessoas mais próximas da minha família, sejam parentes ou amigos, foi o de providenciar uma comida feita com carinho daquelas para aquecer a alma num momento de dor. Seja por uma doença ou na morte de um ente querido”.

Quando o termo hospitalidade é empregado, muitos são os entendimentos possíveis. Entre as possibilidades, uma muito comum é a que dá significado à hospitalidade quase como um sinônimo de acolhimento.

Você já parou pra pensar em quantas são as situações da vida em que necessitamos ser acolhidos? Aquela horinha difícil que queremos ser cuidados e, de repente, surge um anjo em forma de gente e nos indica o caminho Isso é hospitalidade!

Também queremos ser acolhidos nos momentos felizes, por exemplo, lembra de quando foi aprovado naquele concurso difícil para uma vaga que você tanto queria? Nada melhor do que poder compartilhar essa felicidade com alguém que nos é acolhedor e hospitaleiro! Concorda? É um vínculo emocional o que se busca.

Capeletti in brodo, a hospitalidade tem sabor - Clube das Comadres2

Sopa de capeletti da madrinha

Por outro lado, já se deu conta de quantos momentos exigem de nós uma postura de acolhimento ao outro? Seja um amigo que quer conversar, um vizinho que pede ajuda com o gato porque vai viajar, a comadre que não tem com quem deixar o bebê pequeno, um estrangeiro que não está se localizando com um mapa na sua cidade, ou mesmo um simples desconhecido que se acidenta justamente no lugar por onde a gente estava passando… Que atitude temos diante do outro? Quão hospitaleiros somos?

Um cuidado que sempre reconheci nas pessoas mais próximas da minha família, sejam parentes ou amigos, foi o de providenciar uma comida feita com carinho daquelas para aquecer a alma num momento de dor. Seja por uma doença ou na morte de um ente querido.

Como que para diminuir o sofrimento vem aquela tigela de canja recém-preparada embrulhada num pano de prato limpinho. Bem quentinha, a sopa tem destino certeiro, vai diretamente para a mesa da cozinha da casa da família que sofre a perda de alguém, seja ela esperada ou não.  

Capeletti in brodo, a hospitalidade tem sabor - Clube das Comadres3

Comida: presente em momentos de luto

Quando meu pai morreu, minha madrinha nos levou uma grande vasilha de sopa de capeletti preparada por ela. Além de cuidar de nós naquela hora tão triste alimentando nossos corpos, ela encheu aquela tigela refratária coberta com uma tampa de panela de alumínio de solidariedade, de apreço por todos nós, de amor. 

A comida é um elemento muito presente em momentos de luto. Independente de como aparece em cada cultura, ela é mais que alimento. Pode ser uma representação simbólica usada em determinados rituais funerários, significa compaixão entre pessoas que se querem bem, como eu descrevi acima, ou pode até mesmo ser somente a única forma real de quem sofre se manter vivo. Há quem desconte na comida toda a dor que sente com uma perda e também há os que, diante da tragédia, deixem de comer por dias. 

A receita do capeletti da minha madrinha eu não tenho, mas vi minha mãe fazendo (e a ajudei) muitas vezes repetindo o preparo da minha avó Leonor, mãe do meu pai.  Não chamávamos capeletti in brodo, isso só aprendi depois.

Só uma curiosidade, a receita da minha família sempre teve jeito de festa de Natal ou de Ano Novo, apesar de no Brasil esse ser um período de intenso calor. São as tradições familiares

Capeletti in brodo, a hospitalidade tem sabor - Clube das Comadres1

Receita do Capeletti in brodo
Recheio
Ingredientes

• 800g de coxão mole ou alcatra

• 500g de pernil sem osso

• 3 cebolas médias

• 2 dentes de alho

• 1 pires (chá) de queijo meia cura ralado ou parmesão

• Cheiro verde, noz moscada e sal

Modo de preparo

« Refogue na panela de pressão as carnes com um terço das cebolas, o alho e o sal.

« Tampe a panela e deixe cozinhar por cerca de 15 minutos, cuidando para que não queime já que não há caldo nessa etapa.

« Quando estiverem cozidas, moa as carnes, juntando mais uma cebola e um tanto de cheiro verde.

« Adicione o queijo e tempere com a noz moscada. Misture bem. Reserve.

Capeletti in brodo, a hospitalidade tem sabor - Clube das Comadres4

 Massa
Ingredientes

• 1 kg de farinha de trigo

 •8 ovos inteiros

Modo de preparo

« Misture a farinha com os ovos.

« Numa bacia, sove até que a massa fique uniforme e bem lisinha. A consistência da massa é bem firme.

« Faça uma bola com a massa e cubra com um pano úmido. Deixe descansar por 15 minutos.

« Abra a massa na máquina começando pelo número um.

« Vá subindo os números conforme for ficando lisa e até que fique bem fina, mas não rompa.

« Corte a massa em quadrados de aproximadamente 5 por 5cm.

« Disponha uma colher de chá de recheio em cada massinha.

« Dobre os capeletti um a um.

« Primeiramente dobre como um triângulo.

« Em seguida, emende as extremidades e dê uma virada para criar o formato do capeletti.

Capeletti in brodo, a hospitalidade tem sabor - Clube das Comadres6

Brodo
Ingredientes

• 1 cebola

• 4 dentes de alho

«• 2 tomates

• 1 cenoura pequena

• 2 talos de salsão

• 1/2 frango temperado

 •  250g de músculo

• 250g de costela (ou outra carne com osso)

• Sal

Modo de preparo

« Faça um caldo com todos os ingredientes. Isso vai demorar cerca de 90 minutos a 2 horas.

« Coe quando estiver pronto para retirar os pedaços.

Finalização 

«Despeje os capeletti no brodo e cozinhe até que estejam em consistência de macarrão para sopa.

« Sirva bem quentinho ou leve para aquela família amiga que está passando por um momento difícil. Isso acalentará os corações. Isso é ternura e acolhimento!  

Veja também:


CLAU GAVIOLI

Clau Gavioli é jornalista e blogueira do Blog da Gavioli. Dedicada a tudo que se refere a comida e a arte de bem receber, criou o projeto Lá em casa pra jantar, envolvendo hospitalidade e gastronomia, onde exerce suas competências como profissional de marketing e chef de cozinha. Conheça mais no laemcasaprajantar



 

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *