Desafio Gastronômico de Startups em Curitiba

Compartilhe!

Estão abertas as inscrições para o 1º Desafio Gastronômico de Startups, promovido pelo Pátio Batel, de Curitiba, como parte do projeto do Pátio Gastronômico. É idealizado em conjunto com a Mapie, em parceria com o Centro Europeu, principal escola de gastronomia do Brasil. As inscrições para primeira etapa da competição acontecem entre os 05 de fevereiro e 06 de março por meio do site www.patiobatel.com.br

Os interessados terão que preencher um formulário completo. Além de anexar um vídeo pitch com a apresentação da proposta e um plano de negócios. Na sequência, todas as ideias inscritas serão analisadas pelo júri técnico. Serão selecionadas até 15 equipes/startups que darão sequência ao Desafio Gastronômico de Startups.

“O grande objetivo da competição é trazer novidades gastronômicas para o mercado de Curitiba, fazendo com que as startups encontrem uma maneira lucrativa para atuar em um segmento em franca expansão no país. Para atingir esse objetivo, contaremos com um júri especializado, formado por profissionais do segmento. Será levado em consideração todo o potencial gastronômico, a inovação e a viabilidade econômica das startups”, comenta Rogério Gobbi, diretor acadêmico do Centro Europeu.

Desafio Gastronômico - startups- curitiba

Desafio Gastronômico: foco alimentos e bebidas

A competição criativa e saborosa vai reunir empreendedores de todo o Brasil. Proposta é promover negócios lucrativos vinculados a novas soluções. Sempre com foco em soluções e experiências gastronômicas inovadoras e inéditas para o mercado de Curitiba. O Desafio Gastronômico de Startups é voltado para empreendedores que precisam de um empurrãozinho. E também startups em fase inicial de operação.

Dessa maneira, o Desafio Gastronômico de Startups vai identificar inovações em modelos de negócio. Produtos, processos, serviços e tecnologias em operações gastronômicas. Valorizando projetos exclusivos com foco em alimentos e bebidas. “O objetivo é estimular o empreendedorismo e as boas ideias. Os vencedores terão suas lojas subsidiadas com tempo máximo de permanência de 1 ano, permitindo um período ideal de teste para que a empresa se consolide e mude para um novo espaço”, afirma Giulia Quirino, superintendente do Pátio Batel.

Além do espaço físico equipado, as ideias premiadas vão contar com a mentoria e acompanhamento do negócio por uma equipe formada por profissionais do Centro Europeu. Mais informações pelo e-mail [email protected]



Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *