Apesar de Você usa humor para abordar ditadura

Compartilhe!

A censura é o mote central da comédia teatral Apesar de Você. A peça que homenageia Chico Buarque e seu hino contra a opressão cultural no período da ditadura militar conta com talentos consagrados da TV e do teatro em sua ficha técnica.

Com direção de Henrique Tavares e Marcio Trigo, concebida e escrita por Celso TaddeiGabriela Amaral. Apesar de Você estreia dia 11 de outubro no Teatro Marília Pera, no Leblon, Rio de Janeiro.

A peça é um raro exemplo de dramaturgia que aborda o período da ditadura militar no Brasil – mais precisamente a máquina de Censura Federal – pelo viés da comédia.

Apesar de Você usa humor para abordar ditadura - Clube das Comadres 1
O espetáculo é repleto de músicas que o próprio elenco interpreta.

Apesar de Você é musical também

Recheada de músicas, em sua maioria interpretada pelo elenco, o espetáculo Apesar de Você pretende ser um estímulo para a atual reflexão política e social no país. “O humor é um poderoso e abrangente instrumento crítico”, explica Celso Taddei, um dos autores e ator do espetáculo.

Apesar de Você conta a história de Júlio Cesar, jovem boêmio e músico amador que passa no concurso público para censor e acaba usando as músicas proibidas de Chico Buarque para conquistar a mulher amada. Porém, a situação foge ao seu controle e sua pequena comédia acaba por transformar não apenas a sua vida, mas a de todos que o cercam.

SERVIÇO

Teatro Leblon – Sala Marília Pera

Rua Conde de Bernadotte, 26 – Leblon.

Fone (21) 2529-7700

Terças e quartas, às 21h

De 11 de outubro a 16 de novembro

Ingresso: R$ 60 (inteira)/R$ 30 (meia-entrada)

Duração: 80 minutos

Classificação Indicativa: 12 anos

Apesar de Você usa humor para abordar ditadura - Clube das Comadres 2
A peça usa a comédia para abordar um assunto tão sério e dolorido, a ditadura militar.
FICHA TÉCNICA
Elenco

Vicente Coelho: jovem ator com presença constante na cena teatral carioca, é também músico, compositor e cantor da Banda Biltre.

Celso Taddei: ator e autor do espetáculo.

Antonio Fragoso: ator do programa Zorra, da Globo.

Tatá Lopes: atriz e dramaturga, foi uma das criadoras de um dos maiores sucessos do teatro carioca, a peça Surto. É redatora do programa Zorra, da Globo, e tem um quadro no Canal Viva chamado Sincerona.

Almir Telles: ator especialmente convidado, tem longa carreira teatral e foi professor de vários atores da peça na Escola de Teatro CAL.

Joana Penna: atriz com presença em grandes musicais, como Símbora e Forrobodó, é também roteirista do programa Zorra, da Globo.

Luiza Yabrudi: atriz (indicada ao prêmio Zilka Sallaberry 2015), trabalha como redatora do Zorra, da Globo.

Patrícia Pinho: atriz (Prêmio APTR 2010) do programa Zorra, da Globo.

Leo Castro: ator com sólida participação em humorísticos da Rede Globo e Canal Multishow. Atualmente integra o elenco do programa Xilindró, de Gustavo Mendes, além de ser apresentador do programa Humor Multishow, que exibe as melhores cenas de humor já feitas no canal.

Leandro Santanna: ator com vasta experiência em teatro e TV. No cinema, foi protagonista do longa-Metragem Preto no Branco; e participou dos longas Made In China, Vai que Cola, Bach in Brazil e 10 Segundos.

Direção

Henrique Tavares: diretor de teatro e também dramaturgo e roteirista. Entre outras, dirigiu peças como Bárbara Não lhe Adora, A ARTE DE ESCUTAR, Ideia Fixa e a premiada Obsessão. Redator do Zorra.

Marcio Trigo: tem larga carreira em teatro (Grupo Manhas e Manias, Neurótica, Molecagens do Vovô) e TV (Os Caras de Pau, Sítio de Picapau Amarelo, etc). É ganhador de diversos prêmios como diretor. Redator do Zorra.

Texto

Celso Taddei e Gabriela Amaral: redatores Finais do novo Zorra, comandam uma equipe de 18 roteiristas e 36 atores. Juntos com Marcius Melhem, revitalizaram o horário de humor do sábado à noite. Juntos, escreveram também a peça Testosterona, dirigida por Leandro Hassum, e o curta Retrato Falhado, hors-concours do Festival do Rio.

Direção musical: Edu Krieger: um dos mais férteis compositores da sua geração, tendo diversas músicas gravadas por expoentes da MPB.

Apesar de Você usa humor para abordar ditadura - Clube das Comadres 3
Elenco conta com talentos consagrados da TV e do teatro em sua ficha técnica.

Figurino: Patrícia Muniz

Direção de arte: Claudio Lobato

Iluminação: Aurélio de Simoni

Direção de produção: Marcela Casarin

Assistência de produção: Lívia Machado

Design gráfico e ilustrações: Flávio Pessoa 

Realização: Mãe Joana Filmes e Produções

Veja também:

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *