Arezzo&Co apresenta plano de expansão em 2018

Compartilhe!

A Arezzo&Co, dona das marcas Arezzo, Schutz, Anacapri, Alexandre Birman e Fiever, apresentou novidades e planos para 2018. Em encontro com analistas financeiros e investidores, os executivos da companhia detalharam o projeto de expansão da operação internacional. Mostraram o novo modelo de loja da Arezzo para cidades de menor porte. Também revelaram o estágio de desenvolvimento da sexta marca. “Há 45 anos, temos trabalhado para encantar e surpreender as mulheres  ao identificar e interpretar as tendências de moda”, ressalta Alexandre Birman, CEO da Arezzo&Co.

O novo projeto de loja da Arezzo para cidades com 80 mil a 250 mil habitantes foi pensado para ser digital, multicanal e integrado. O modelo traz muitas inovações, seja na experiência de compra, seja na gestão da operação. A cliente poderá escolher o modelo em tela touch screen exposta na loja ou nos displays, pagar sem precisar ir ao caixa e sair com o seu sapato ou bolsa na sacola.  Caso não encontre o modelo ou o tamanho desejado, adquire-o pelo web commerce no ambiente da loja e o recebe em casa.

Arezzo&Co-negócios-expansão-calçados
Marca Alexandre Birman completa 10 anos em 2018: sapatos para o exterior.

O projeto arquitetônico foi criado para espaços de 40m2, com flexibilidade na disposição de móveis, facilitando a realização de eventos em datas importantes para fidelização das clientes e gestão simplificada da franquia. Já foram abertas cinco lojas neste formato (nas cidades de Passos, Muriaé e Itaúna, em Minas Gerais; Caldas Novas, em Goiás, e em Sorriso, no Mato Grosso). Até o final do ano, serão inauguradas mais quatro: duas em São Paulo (Salto e Tatuí) e duas no Piauí (Parnaíba e Picos).

A Schutz, marca lançadora de tendências, reinaugura neste sábado a flagship do Shopping Iguatemi, de São Paulo. Leva um formato inovador que possibilita novas experiências às consumidoras. Nos Estados Unidos, onde a marca já possui flagship em Nova Iorque e Los Angeles, deverá abrir mais lojas em centros comerciais. Com mais esse passo, aliado ao amadurecimento dos canais de lojas de departamento e e-commerce, reforça sua presença no mercado norte-americano.

Arezzo&Co-negócios-expansão-calçados
Novas lojas da Arezzo para cidades de menor porte foram pensadas para serem digital.

Arezzo&Co faz planos ousados

A Anacapri encerra 2017 com 115 lojas e tem planos de novas aberturas para 2018. A marca, que surgiu com a proposta de calçados flats, conquistou as mulheres por seu estilo acessível e colorido. Suas vendas cresceram 24,2%  no terceiro trimestre deste ano quando comparadas aos mesmos três meses de 2016. Com investimentos consistentes em marketing, a Anacapri renovou, por mais um ano, o contrato com a atriz Isis Valverde, sucesso nas redes sociais em suas interações com a marca.

A marca Alexandre Birman completará 10 anos em 2018. Tem seus sapatos vendidos nas principais lojas de departamento dos EUA, da Europa e da Ásia. Abrirá uma loja flagship em Nova Iorque, a exemplo da Schutz, que há quatro anos opera na Madison Avenue. Consolidando seu posicionamento global, a Alexandre Birman também deve abrir um showroom em Milão no próximo ano. Estampa as principais revistas de moda de luxo internacionais. É vista frequentemente nos pés de celebridades ao redor do mundo. No Brasil, são quatro lojas próprias e 64 pontos multimarcas.

Arezzo&Co-negócios-expansão-calçados
Calçados Anacapri: encerra 2017 com 115 lojas e tem planos de novas aberturas para 2018.

Arezzo&Co: negócios consistentes

A Fiever, que elevou o status do tênis, apresentou crescimento de 72% no último trimestre comparado com os mesmos três meses de 2016. Criada em 2015 e com quatro lojas próprias, a marca continua seu processo de fortalecimento com muita inovação. Dentre os planos anunciados para 2018, estão o lançamento de franquias. E também a abertura de uma flagship no Rio de Janeiro e ampliação da carteira de clientes multimarca, reforçando seu posicionamento neste canal.

A sexta marca, que deve ser lançada no primeiro semestre do próximo ano, segue o movimento do comportamento de consumo. Terá como público-alvo mulheres acima de 35 anos, que buscam conforto acima de tudo, sempre acompanhando as tendências de moda. “Temos um modelo de negócios consistente, com diversificação de marcas e canais de vendas, além de crescimento no mercado interno muito superior ao da indústria”, destaca Daniel Levy, CFO e diretor de RI da Arezzo&Co.



Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *