Projeto Estufa é criado para revelar novos talentos

Compartilhe!

O SPFW, em parceria com a C&A, anunciou durante o SPFWTRANSN42, na semana passadao lançamento de um projeto que irá movimentar a economia criativa no Brasil. Idealizado pelo Instituto Nacional de Moda e Design (INMOD), o Projeto Estufa nasce para ampliar possibilidades e coordenar movimentos que estão acontecendo em todo o mercado. Uma plataforma para revelar e apresentar novas formas de criar, distribuir e produzir. Provocar diálogos e reflexões, inspirar e influenciar comportamentos.

“Vivemos uma era de mudanças constantes e desafios globais. O futuro já é agora. Tudo está em aberto, provocando novos olhares e experimentações”, afirmou Paulo Borges, criador do SPFW. Tecnologia, design, sustentabilidade, novas matérias-primas, gênero. Diversidade, consumo, responsabilidade social são alguns dos desafios contemporâneos que serão alvo do projeto com apresentações, desfiles, encontros e discussões, numa agenda paralela ao SPFW.

O objetivo é que, através dessas conexões e por meio da projeção de iniciativas inspiradoras, se consiga influenciar e acelerar transformações que já estão em curso no mercado. É para fomentar uma economia mais consciente, tanto do ponto de vista do consumo, quanto da produção.

Projeto Estufa é criado para revelar novos talentos - Clube das Comadres 10
Paulo Borges, criador do SPFW, e Elio Silva, vice-presidente de marketing e operações da C&A: parceria para o Projeto Estufa.

 

Projeto Estufa começa em 2017

O Projeto Estufa acontece a partir de 2017, com a apresentação de iniciativas e marcas que estão inovando dentro dos pilares do projeto. Os lançamentos ocuparão o Espaço Estufa no SPFW, onde também acontecerão encontros e seminários para estimular a discussão e gerar novas conexões.

Além disso, o projeto também prevê a criação de produtos de edição limitada por meio da colaboração entre criadores participantes do projeto e a C&A. E, no ambiente digital, uma série de conteúdos especiais em torno do projeto permitirá ampliar a discussão. Multiplicando o alcance das informações e facilitando a troca e a interação entre participantes e interessados, vencendo qualquer barreira geográfica.

Para marcar o lançamento do projeto, uma série de conversas com influenciadores da economia criativa no Brasil aconteceu durante a #SPFWTRANSN42. Foram transmitidas ao vivo pela página do São Paulo Fashion Week no Facebook. Em quatro dias, os conteúdos contabilizaram 54 mil views, alcançando 406 mil pessoas na plataforma.

Veja também:

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *